Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 9, 2017

A CASA OBLÍQUA - CAPÍTULO XXVII

Como hoje é terça, mais um capítulo de nosso folhetim rasgado "A casa oblíqua".
Clara desceu do carro e dirigiu-se ao prédio. Entrou no elevador, evitando encontrar-se com algum vizinho, apesar do adiantado da hora. Estava suada e suja.
Quando entrou no apartamento, correu para o quarto, guardando em seguida a chave, numa gaveta da cômoda, bem como os demais objetos, assim como estavam, empoeirados, jogando-os de qualquer maneira e fechando a gaveta, temendo ser observada. Correu para o banho, reservou-se um bom tempo, relembrando todo o cenário por onde andava. Vestiu um robe branco, atirando-se na cama. Ficou olhando para o teto, vendo nele as imagens da casa da praia. Estava ansiosa, embora satisfeita pelos resultados produzidos. Tinha consigo que nada mais a deteria. Jamais tomariam o apartamento sem que a justiça fosse feita. Estava de posse da chave, dos documentos, dos objetos que trazia de volta um passado glorioso. Esta seria a sua vida, a partir de hoje.
Clara a…