Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 24, 2017

A CASA OBLÍQUA - CAP.ITULO X

Em seu trabalho, Clara não conseguia esconder o nervosismo, principalmente após a notícia do jornalístico da TV, que informava a busca por um clandestino, chegado à cidade num navio mercante e que desaparecera como por encanto. Presumiam, inclusive que havia grupos constituídos no Brasil, para facilitarem a sua fuga. Tanto ela, quanto ele estavam amedrontados. Clara tentava concentrar-se em suas atividades, mas sabia de antemão que era uma tarefa impossível. Suas mãos estavam trêmulas, seu olhar desorientado, observando as ondas escuras do mar dava mostras de cansaço. Ao sentir a presença de Gustavo, empurrando a porta, sem pedir licença, teve a impressão de que ele sabia de tudo. Via nas maçãs sumidas do rosto, a ironia estampada nos olhos pequenos e vivos. Com as mãos segurando o cinturão, e as pernas meio abertas, balançava o corpo, como se quisesse marcar a presença de forma definitiva. Clara prosseguiu digitando alguns dados no computador, fingindo cuidado com a tarefa. Le…