Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 28, 2016

UM CRIME NA CIDADE QUE SABIA DEMAIS - 9º CAPÍTULO

No capítulo anterior, soubemos que o advogado e detetive Júlio Ramirez fora chamado por Sara, a mãe de Raul, embora ele pretendesse vir à cidade onde passara a sua infância, porque tinha a intenção de escrever um livro. Nesse ínterim, ao conversar com um velho amigo, chamado Jairo, soubera do crime recente referente ao presumível assassinato de uma moça da cidade, que segundo as conversas da comunidade, o suspeito seria médico que se instalara há pouco na região. Era uma história estranha, além dos crimes já ocorridos com turistas e outras pessoas, que segundo o que soubemos através de Raul, numa conversa com o próprio médico, foram praticados após terem ingerido insulina, sem estarem na realidade doentes. Esta trama policial prossegue agora, no 9º capítulo de nosso folhetim.
Capítulo 9
O garçom parece nervoso ao dizer a Júlio quem queria falar-lhe naquele momento.
— Não, não é seu amigo Jairo, senhor, que quer falar-lhe. Trata-se de Golias. Desculpe, é como todo mundo chama o farmacêut…