Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 14, 2016

UM CRIME NA CIDADE QUE SABIA DEMAIS - 5º CAPÍTULO

No capítulo anterior, o médico Ricardo ligara para Raul, mas quem atendera o celular fora outra pessoa. Na conversa, soubera que o amigo estava no hospital. A informação era de Sara, a mãe de Raul, ainda afirmando que o filho precisava muito de ajuda. No 5º capítulo a seguir, desta terça-feira dia 14 de junho de 2016, Ricardo tem novas revelações.
O nosso folhetim policial é publicado às terças e quintas-feiras.
Capítulo 5
“Meu filho”, Ricardo repete mentalmente. Raul morava em sua cidade natal, como residia agora em Sul Braga, possuindo segundo ele uma cara deixada pela mãe. Uma situação estranha, pois nunca o havia encontrado quando fizera a residência médica nesta cidade.
A mulher silenciou, como se não tivesse mais nada a dizer. Ricardo explicou: – Minha senhora, eu não o deixei à própria sorte. Na verdade, não sei exatamente o que está acontecendo.
– Acho que ninguém sabe, com certeza — ela comenta com certa melancolia. Parece mais tranquila, até arrependida de ter repreendido o amig…