Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 26, 2014

Um café bem-vindo

Um café bem-vindo

Um café é sempre bem-vindo. Por onde vou, por mais calor que esteja, estou sempre à procura de um café. Um café me anima a alma, me conforta, me liberta do mau humor. Um café me acorda, me deixa ágil para fazer os textos, para viajar (tanto na escrita, quanto na estrada real), um café me transporta. Muito se tem falado sobre o café e ressaltado seus benefícios ou malefícios. Pra mim, no entanto, além de tudo que é dito, estudado, pesquisado, analisado, é transcendental. É um universo. Sentir o aroma do café é absorver a primavera na sua plenitude, é agitar o coração, é percorrer com leveza os campos. O café é verão, sentir as pernas salgadas pelo sal da praia, naquele velho calção de banho, escorrendo os pingos até os pés, sentando numa cadeira à frente do bar e sorver o café preto, denso, forte, com sotaque de praia. O café é alento, calor no inverno, um upgrade à memória e imaginação, quando sentado à escrivaninha, escrevendo aquele texto que para nós parece ilumin…

I CREATED A FAKE

I once created a fake of myself . This is normal , some friends asked me, do not know, not even really know what can be considered normal . After all, people have different standards of behavior conceived as within normal and everything seems extraordinary, elegant, avant-garde , even postmodern (if it exists ) . Anyway , it all depends on the context in which it appears the situation or behavior . Anyway , for a while , I was very happy with my fake , or rather , I was awarded some benefits . My fake participated in many social networks . It was smart, intelligent , appropriate to the new technological and artistic trends , besides being politically positioned , and ultimately , a great philosopher . But it was a fake , a figure created to protect me as a walking stick to support me , a character to share with me the most estrambólicas information , to discuss social problems , to share the existential questions, to make objective attitudes toward more different points of view . Yes …